7 dicas de fotografia Newborn – Recém Nascidos

Por Bruna Veratti

Dentre os momentos únicos que vivenciamos considero o início de uma vida o mais belo e delicado. É o desabrochar da história de uma pessoa que marcará a vida dos que estão ao seu redor de forma única. Por este motivo as fotos de recém-nascido (ou newborn como também são conhecidas) conquistou o coração de tantas mães.

A lendária fotógrafa Anne Geddes foi quem iniciou este estilo em suas campanhas e livros. Porém foi nos Estados Unidos e Austrália que os fotógrafos o adotaram como um produto diferenciado às famílias que atendiam e chegou ao Brasil há cerca de 4 anos.

Como fotógrafa de recém-nascido tenho o objetivo de registrar em imagens os bebês de forma delicada e atemporal captando seu encontro inicial com o mundo. Durante a sessão considero 2 coisas essenciais: a segurança e conforto do bebê. Por isso coloco abaixo algumas informações importantes para as mamães que pretendem contratar este serviço.

Foto Bruna Veratti

Foto Bruna Veratti

1ª dica: Converse com o fotógrafo antes da sessão.

Na verdade o ensaio inicia no momento em que pais tomam conhecimento de todo o processo. Esta conversa é importante para que o profissional e o cliente se conheçam e troquem informação e tirem suas dúvidas.

 2ª dica: Quando realizar o ensaio?

Para que as fotos tenham o diferencial proposto, o ideal é fazê-las ente os 5 e 15 dias após o nascimento, pois neste período os bebês dormem profundamente o que possibilita reproduzir a posição em que ele estava no útero materno, aproveitando a flexibilidade de seu corpinho. Nada impedirá que o bebê seja fotografado com mais dias, porém o limite seria 25 dias, pois após este período o bebê já não está tão maleável, ficam mais sensíveis ao toque ou podem surgir as cólicas que podem incomodá-lo.

Foto Bruna Veratti

Foto Bruna Veratti

3ª dica: Segurança e Posições

Os bebês, quando recém nascidos, dormem profundamente. Isso possibilita reproduzir a posição em que ele estava no útero materno, aproveitando a flexibilidade de seu corpinho. No entanto é importante ficar atento a qual posição o bebê será colocado. Existem posições que não são naturais (a que ele segura a cabecinha com as mãos, por exemplo) e necessitam ser feitas em 2 ou 3 etapas para, posteriormente, fazer a montagem no Photoshop. Assim é importante conversar com o fotógrafo sobre qual sua ideia para a sessão e como isso será feito para ter certeza de que tudo terá segurança. Tenha em mente que quanto mais natural a posição for, menos risco ela terá. E acima de tudo nunca deixe o bebê sem um adulto próximo.

Foto Bruna Veratti

Foto Bruna Veratti

4ª dica: Ambiente tranquilo

No momento do ensaio, é necessário tranquilidade no ambiente. Os bebês são muito sensíveis. Ao lidar com eles é necessário compreender que qualquer nervosismo ou ansiedade é motivo para a criança se sentir estressada ou curiosa, o que muitas vezes não a deixa dormir. Assim, sempre sugiro que no horário das fotos fiquem somente 2 pessoas (normalmente a mãe e o pai).

Foto Bruna Veratti

Foto Bruna Veratti

5ª dica: Materiais usados

O ideal é usar tecidos, mantas, gorrinhos e acessórios que sejam confortáveis, maleáveis e “fofinhos”. Isso porquê a pele o bebê é extremamente sensível e qualquer sinal de aspereza pode irritar ou marcar sua pele. Outro item muito importante a respeito dos tecidos é lavá-los a cada sessão, garantindo que tudo que entre em contato com o bebê seja o mais higiênico possível.

Foto Bruna Veratti

Foto Bruna Veratti

6ª dica: Temperatura

O bebê deve estar em um ambiente bem aquecido, pois estará sem roupinha eu envolto em um tecido durante a sessão. Assim certifique-se de que o fotógrafo possui um aquecedor em seu estúdio, ou no caso de ser na casa do cliente que o fotógrafo leve um aquecedor. Muitas vezes nós adultos teremos a sensação de que estamos em uma sauna, mas o bebê estará feliz e confortável.

7ª dica: Local

A sessão pode acontecer tanto na casa da família quanto em um estúdio. O importante é que o ambiente esteja totalmente limpo e tranquilo para receber o bebê.

Em 2013 foi fundada a Associação de Fotógrafos de Recém-nascidos, a qual sou associada, e as mães podem encontrar profissionais de todo Brasil. Os fotógrafos aprovados recebem uma série de orientações sobre como fazer as fotos de forma segura e confortável.

Estas simples dicas garantirão que a sessão corra o mais tranquilamente possível, aumentando as chances de produzir fotos lindas e inesquecíveis. Lembre-se que este é o desabrochar de uma nova vida e o importante é registrá-la de forma sensível que transmita paz, aconchego e tranquilidade. Prepare-se para se apaixonar ainda mais pelo seu pequeno milagre!

Foto Bruna Veratti

Foto Bruna Veratti

Fonte: Bruna Veratti

Site: www.brunaveratti.com.br

Tel.: (11) 99267-5903