7 Dicas para lidar com o estresse após o nascimento do primeiro filho

O nascimento do primeiro filho modifica completamente a vida de um casal em diversos aspectos. Devido à tamanha mudança, muitos casais sofrem com conflitos após a chegada da criança. Estresse, irritação com o parceiro, noites mal dormidas, falta de tempo, desejos distintos sobre o futuro e criação da criança, problemas de comunicação e mudança na relação íntima do casal são alguns dos obstáculos que os casais normalmente enfrentam.

Foto Reprodução - Blog Potencial Gestante

Foto Reprodução – Blog Potencial Gestante

Para lidar com estes conflitos da melhor maneira e evitar que a relação do casal se desgaste, a psicóloga e pesquisadora Pós-Doc da PUC/SP, Cátia Rodrigues, dá algumas dicas para os pais de primeira viagem.

1. Comunicação: é importante que o casal converse e mantenha a comunicação no relacionamento, conservando a amizade e intimidade que ambos têm, pois estas são a estrutura do casamento.

2.      Boas noites de sono: o casal deve encontrar maneiras de conseguirem tempo para terem um sono de qualidade, evitando assim que fiquem mais predispostos à irritação e discussão. Uma dica é fazer um revezamento durante a noite, ou pela manhã no momento que a criança acorda.

3.      Respeitar seus limites: ambos não devem exigir nada além de seu limite. O casal deve evitar críticas pesadas a um e outro, e focar na solução dos problemas sempre tendo em mente que não há pais e mães perfeitos.

4.      Fazer sua escolha dar certo: nos momentos de dificuldade, lembre-se da pessoa com quem escolheu casar, de suas virtudes e caráter, e principalmente, lembre-se de que são parceiros, para que o amor, amizade e respeito sejam sempre cultivados no relacionamento.

5.      Apoiar-se mutualmente sempre e compreensão: deve haver apoio mútuo entre o casal a partir do nascimento da criança e das figuras materna e paterna que passarão a ter, pois é um processo exaustivo. Um deve se colocar no lugar do outro e sempre dar carinho, proteção e amor nos momentos de necessidade.

6.      Manter a relação do casal viva: mesmo após o nascimento da criança é imprescindível que o casal tenha sua privacidade e seus momentos de intimidade, bem como ter momentos para sair com amigos e se divertir. É importante que tenham ajuda e apoio de uma babá ou familiar para que fiquem com a criança nestes momentos para equilibrarem a vida de casal e de pais.

7.      Avaliar seus desejos, necessidades e realidade:  o casal deve tomar cuidado ao mergulhar em fantasias envolvendo o nascimento do bebê e sua criação, pois fatores monetários ou ter sonhos distintos pode gerar conflitos também.

Fonte: Cátia Rodrigues, Psicóloga, Professora Pós-Doc e Pesquisadora da PUC/SP

Foto: Foto reprodução do blog Potencial Gestante – www.potencialgestante.com.br