Por que as gestantes tem dificuldade para dormir?

Sleeping-and-PregnantDurante a gravidez, dormir bem pode ser um grande desafio. Se, por um lado, a gestante tem uma necessidade aumentada de sono, por outro, pode apresentar diversas dificuldades em conseguir um descanso adequado. A depender da fase da gravidez, podem surgir: dificuldade em ajeitar a barriga ao deitar, temor em machucar o bebê durante a noite, aumento na frequência urinária, refluxo, roncos frequentes e mesmo aparecimento da síndrome das pernas inquietas. A causa para tudo isso são as famosas alterações anatômicas e hormonais que ocorrem durante a gravidez.  A combinação de excesso de sono, provocado pelo aumento hormonal, aumento do gasto energético e queda de pressão arterial (principalmente no calor) aliados às dificuldades em dormir citadas anteriormente acabam deixando a gestante constantemente cansada durante o dia. Como não dá para reduzir a necessidade de sono só resta uma opção:  tentar dormir mais e melhor.

Segundo Dr. Leandro Teles, médico neurologista: “A maioria dos problemas de sono enfrentados pelas futuras mamães podem ser evitados e revertidos com medidas ambientais e comportamentais relativamente simples, raramente exigindo intervenção com medicamentos”.

O especialista dá algumas dicas para melhorar a performance do sono na gravidez:

Encontrando a posição ideal – Primeiro é fundamental que a mamãe entenda que o bebê está relativamente bem protegido dentro da barriga, isso ajuda a relaxar e buscar, com bom senso, uma posição mais confortável. De modo geral, evita-se dormir de barriga para baixo, pois o peso do corpo sobre o útero pode ser excessivo. De barriga para cima também podem surgir problemas como roncos, piora do refluxo e sensação de falta de ar. Com isso, sobra a posição lateralizada como a mais recomendada, principalmente sobre o lado esquerdo. “Essa posição libera a veia cava da compressão do útero, reduzindo o edema nas pernas, falta de ar e protegendo bem a coluna, outra medida interessante é colocar um travesseiro entre as pernas”, complementa o especialista.

Cuide da sua alimentação – Não abuse no jantar, porções pequenas e alimentos de fácil digestão. Evite estimulantes, como o café, chá e o chocolate antes de dormir. Hidrate-se bastante durante o dia, mas não exagere nos líquidos à noite, pois, além de piorar o refluxo, pode causar mais despertares por vontade de ir ao banheiro. Durante o dia, dieta rica em frutas, verduras e cereais. Os chás tranquilizantes naturais (camomila, por exemplo) à noite, estão liberados.

Atividade física – Durante a gestação é fundamental realizar atividades físicas regularmente, principalmente aeróbicas. O melhor horário para realizá-las é pela manhã, pois próximo ao horário de dormir pode tirar o sono. À noite prefira alongamento e atividades passivas, como massagem (isso reduz as câimbras e dores musculares tão frequentes na gravidez). Exercícios regulares ajudam a controlar o peso, preparam a gestante para o parto e melhoram muito o sono noturno. Devem ser feitos sempre sob orientação especializada.

Descanso diurno – Aproveite os períodos livres durante o dia (principalmente após o almoço) para tirar alguns cochilos, não mais que 30 minutos a 1 hora (para não gerar insônia a noite). Isso minimiza a sonolência constante e mantém a gestante produtiva durante a tarde.

Preparo do Ambiente – Agora que você está pensando no quarto do bebê é um ótimo momento para você rever a estrutura do seu quarto também. A cama tem tamanho adequado? O colchão e travesseiros estão em ordem? O ambiente é um dos segredos de uma noite bem dormida. Busque um local silencioso, com iluminação aconchegante, decoração suave, temperatura amena, etc. Use roupas confortáveis e apropriadas, faça atividades preparatórias ao sono como tomar um banho mormo a noite, escutar música ou praticar leitura, exemplo.

** Texto de Dr. Leandro Teles

Dr. Leandro Teles – Neurologista – CRM: CRM 124.984 – Pai de Luiza 1ano

Médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Atua no Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) – SP

www.leandroteles.com.br