Verão: Quais os cuidados que devemos ter com as crianças

Redação: Time Comunicação/ Cia Materna

O verão é uma estação caracterizada por altas temperaturas. Por isso, os cuidados com as crianças devem ser redobrados: alimentação, hidratação, picadas de insetos e exposição ao sol precisa estar na lista de prioridades. Para aproveitar melhor a estação, seguem dicas do Dr. Jorge Huberman, pediatra e neonatologista.

Foto Cia Materna

Foto Cia Materna

Alimentação: os alimentos naturais e frescos devem ser prioridade, mas certifique-se que folhas, verduras e legumes foram bem tratados. Frutas como melancia, melão, abacaxi, manga, laranja e uva são uma boa pedida. Tente evitar produtos industrializados. Comidas gordurosas ou compradas fora de casa devem ter atenção redobrada. Nem sempre o processo de preparação, conservação e refrigeração é conhecido, o que pode oferecer riscos a saúde.

Hidratação: o consumo de água deve ser reforçado, embora não exista uma quantidade extra ideal. Os pais devem oferecer água e sucos regularmente durante todo o dia, principalmente quando os pequenos estiverem expostos ao sol. É importante não esperar a criança peça água, porque quando ela sente sede, já pode estar desidratada. Umas das maneiras de avaliar se a criança está precisando de água é observar a cor da urina e a frequência com que ela faz xixi. A cor escura e o pouco volume podem ser sinais de falta de ingestão de água.

Picadas de insetos: Até seis meses não se pode passar na pele do bebêantimosquitos.  Após use os protetores em gel. O uso de sapatos, calça e blusa de manga comprida em regiões muito infestadas também ajuda a prevenir as picadas Se por ventura ela for picada, procure o médico para orientar o melhor sobre o tratamento.

Proteção solar: Até o sexto mês nenhuma proteção solar pode ser usada a não ser ficar longe do Sol. Após essa idade, fazer o uso a cada duas  horas protetores solares fator 30 ou mais para evitar queimaduras ou consequências futuras para  a pele. Os bebês com menos de um ano de idade merecem cuidados extra. Devem ser expostos ao sol até às 10h. Se os pais notarem febre, sede intensa, pele seca, olhos fundos, ausência de lágrimas e moleira baixa, consulte o pediatra.

Fonte:  Dr. Jorge Huberman, pediatra e neonatologista.

Veja também: